22 de fev de 2010

Conplan aprova quadra 500 no Sudoeste. Arruda e PO fazem parte do Conselho


Alguns moradores do Sudoeste enviaram e-mails ao nosso blog, pedindo socorro, indignados pelo CONPLAN - Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito federa - http://www.conplan.seduma.df.gov.br/ - ter aprovado o parcelamento da quadra 500 do Sudoeste no mês passado, mesmo havendo decisão judicial impedindo a expansão.

Lembram que ARRUDA, PAULO OCTÁVIO, o filho do deputado distrital Benedito Domingos - SÍLVIO VENÂNCIO DOMINGOS (http://www.pp.org.br/005/00502003.asp?ttCD_CHAVE=2633) e o Presidente da ADEMI - Associação dos Dirigentes de Mercado Imobiliário Sr. Adalberto Valadão, fazem parte do CONPLAN, sendo os dois últimos integrantes na qualidade de "representante da sociedade civil". O blog cede espaço para o protesto e se solidariza com os moradores do Sudoeste e lamenta o desinteresse ambiental e pela qualidade de vida que o governo tem para com o DF.



http://dftv.globo.com/Jornalismo/DFTV/0,,MUL1470187-10040,00-MORADORES+DO+SUDOESTE+NAO+QUEREM+NOVA+QUADRA+RESIDENCIAL.html

DFTV 2ª Edição > 30/01/2010 > Reportagem
Moradores do Sudoeste não querem nova quadra residencial

Protesto no Sudoeste, neste sábado, dia 30, contra a expansão do bairro. Isso porque foi concedida a licença de instalação da Quadra 500, que prevê a construção de 22 novos prédios.
Ao todo, 22 prédios de seis andares e a previsão quatro mil novos moradores. A liberação da licença de instalação da quadra 500 levou moradores e representantes da Associação de Amigos do Parque das Sucupiras, que fica ao lado do terreno, a pedir socorro.

“Aumenta o número de pessoas, o número de carros, o congestionamento, talvez até a infraestrutura não comporte essa expansão”, afirma o militar Flávio Camargo.

“Tende a piorar, porque todo dia eu já saio aqui para a Esplanada e o trânsito já é péssimo para entrar. Imagina com milhares de novas pessoas entrando no setor”, reclama o auditor fiscal Marcelo Campos.

A licença foi concedida pela Secretaria de Meio Ambiente, mesmo com uma decisão da Justiça que impede a expansão. Os manifestantes dizem que a nova quadra, entre o Instituto Nacional de Meteorologia e o Eixo Monumental, não estava prevista no projeto do Sudoeste.

“De acordo com o decreto do tombamento distrital e federal e seus anexos, que são o documento Brasília Revisitada, essa área é claramente fora da poligonal que permite construção. O Sudoeste está pronto. Não há nada mais que ser construído no setor”, enfatiza Fernando Lopes, da Associação dos Amigos do Parque das Sucupiras.

Mas a Construtora Antares informou que a Quadra 500 já estava prevista antes do tombamento de Brasília. Diz que tem licença do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e a aprovação da Caesb, CEB, Detran - que garantem infraestrutura. Mas com a liminar da Justiça, a construtora não pode fazer obras.

Renata Feldmann / Lázaro Aluízio


Quadra 500 do Setor Sudoeste é aprovada nesta quinta
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/01/28/cidades,i=169844/QUADRA+500+DO+SETOR+SUDOESTE+E+APROVADA+NESTA+QUINTA.shtml

Publicação: 28/01/2010 20:00 Atualização: 28/01/2010 20:27

A Quadra 500 do Sudoeste foi projetada junto com a criação do setor, em 1987, mas só nesta quinta-feira (28/1), o Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do DF (Conplan) aprovou o parcelamento da quadra, para que tenha início a construção no local.

O planejamento criado no século passado prevê que a quadra abrigue 22 prédios. Eles deverão seguir o modelo dos edifícios do Plano Piloto, com seis andares e pilotis livres, ou seja, sem grades em volta.

A projeção inicial é de 4 mil pessoas morando na nova quadra. Com base nessa expectativa, um estudo foi elaborado para confirmar que o aumento no número de automóveis não deve interferir de maneira drástica no fluxo do tráfego na região.