9 de fev de 2010

A voz de um pioneiro envergonhado

O COMENTÁRIO ABAIXO É DE MAIS UM HONRADO CANDANGO QUE AJUDOU A CONSTRUIR BRASÍLIA, E QUE DEVIDO AO MONUMENTAL ESCÂNDALO REVELADO PELA OPERAÇÃO CAIXA DE PANDORA, DA POLÍCIA FEDERAL, SE SENTE PROFUNDAMENTE DESRRESPEITADO COMO PIONEIRO CANDANGO, BRASILIENSE E CIDADÃO BRASILEIRO.

Estava fora de Brasília e retornei ontem. Humilhado, chateado, revoltado com o que li, ouvi e sofri nesse período. Essa corja, esses abutres, esses chacais não conseguirão destruir nossa cidade, nem disseminar esta doença endêmica que assolou Brasília, chamada corrupção.

Não será um governador nem um vice , mistos de Fernandinho Beira Mar, Oscar Wilde e Clovis Bornay, junto com denominados deputrefatos detritais (ou seja detritos fecais) que irão saquear o Distrito Federal e a sua população honesta, consciente, solidária e orgulhosa de sua cidade.

A "comessão" foi muita alta. Fala-se, nos meios empresariais, comerciais, financeiros e políticos que o giro da propina era de R$5.000.000,00 DIÁRIOS, EM CONTRATOS e concorrrências dirigidas, 40 % antecipados sobre todos os contratos realizados pelo Governo.

E o larápio mór ainda se arroga o direito de perdoar a todos aqueles que cometeram o pecado de descobrir os seus crimes. Não sairão livres dessa. Nem que tenhamos que fazer um movimento NACIONAL E INTERNACIONAL, mas esses ratos (sem querer xingar os ratos) têm que ser punidos, e exemplarmente punidos.

Nisio E. - Pioneiro aposentado