29 de nov de 2009

APÓS DENÚNCIAS, PDOT PODE SER ANULADO

PARTIDOS DE OPOSIÇÃO AO
GOVERNO DO DF IRÃO PEDIR
A ANULAÇÃO DO PDOT POR
SUSPEITA DE PROPRINAS NA
CÂMARA LEGISLATIVA DO DF




http://www.blogdapaola.com.br


O presidente de um partido de oposição ao governo Arruda vai entrar na próxima terça-feira (1º) com uma ação no Tribunal de Justiça do DF pedindo a anulação da votação do projeto de Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT) na Câmara Legislativa. A justificativa são as denúncias da Operação Caixa de Pandora, que suspeitam de propina para aprovação da proposta.

Em seu depoimento à Polícia Federal, o ex-secretário Durval Barbosa afirma que operadores dentro do GDF recolheram dinheiro com as empresas que se beneficiariam com o PDOT para pagar os distritais e assegurar a aprovação do Plano Diretor. “Isso não pode ficar assim. Essa denúncia indica o comprometimento da votação. É preciso anular e fazer tudo de novo”, diz o presidente.

O presidente ainda propõe que o presidente do TJDF assuma o governo para comandar o processo de saneamento da cidade. “Temos boa parte do Executivo e do Legislativo envolvida nas denúncias’, explica.