7 de jul de 2009

DEPUTADOS, não esquecemos de vocês e de seus votos contra o Parque Ecológico do GUARÁ

.
Quando no dia 16 de Junho os deputados se reuniram na calada da noite para votar a derrubada do veto ao artigo 285 do PDOT, a comunidade do Guará seguia seus dias, um pouco mais tranquila, pois o famigerado artigo havia sido derrubado pelo GDF. Não sendo avisada sobre a votação e muito menos sobre o horário do que estava sendo planejado, não teve condições de se manifestar em um local teoricamente do povo, a Câmara Legislativa. Local onde trabalham os Deputados e Deputadas Distritais eleitos e eleitas para supostamente fazer o bem para nossa cidade e não para cooperar com a sua destruição (lembrando: eles são pagos com o nosso dinheiro! Aliás, muito bem pagos e com aumento salarial recente, aprovados por eles mesmos).

A indagação é: do mesmo modo que parecem legislar em causa própria quando se trata das suas remunerações, estariam eles também legislando em causa própria ao se tratar do Parque Ecológico do Guará? Qual é o interesse de cada um dos Senhores Deputados em ir contra o meio ambiente? Será a especulação imobiliária? O Guará suporta esse famigerado adensamento populacional? E o caótico trânsito? Eles não precisam de um bom ar para respirar, como todos nós? Em tempos de aquecimento global, o clima, como fica?

Outra pergunta: e os deputados ausentes? Onde estavam? Por que não participaram da votação? Por que não estavam presentes e se manifestaram como fizeram os demais? Apenas dois deputados votaram contra a derrubada do veto! De 24, apenas 2 a favor do parque ecológico do Guará - Ausentes: 8 e contra o Parque Ecológico do Guará: 14! Por quê?

Abaixo mostramos quem é quem nesse processo, pois nós precisamos ter clareza sobre como a Câmara Legislativa trabalha e quais os interesses que os Deputados e Deputadas defendem. Pelo visto, a maioria não está muito interessada na causa do meio ambiente e consequentemente na causa da população.



Clique na imagem para ampliar.