8 de set de 2009

CONSTRUÇÃO CIVIL É A MAIOR FONTE GERADORA DE LIXO DE TODA SOCIEDADE


http://www.akatu.org.br/central/especiais/2006/2o-semestre/construcao-civil-e-a-maior-fonte-geradora-de-lixo-diz-especialista

Setor também é o que mais consome recursos naturais não-renováveis. O consumidor consciente pode contribuir para minimizar os impactos da construção civil no meio ambiente e na sociedade.

Por Liciane Mamede/Instituto Akatu

Alguns números alarmantes mostram que os resíduos provenientes da construção civil são um grave problema para a sociedade e podem continuar sendo se algumas medidas não forem tomadas. Segundo um artigo intitulado “Gestão de Resíduos da Construção Civil”, do professor Pedro Carlos Schenini, da Universidade Federal de Santa Catarina, a construção civil é a maior fonte geradora de lixo de toda sociedade, já que seus entulhos podem chegar a representar até 70% da massa total de resíduos sólidos urbanos de uma cidade brasileira de médio e grande porte. Clique aqui e dê sua opinião sobre esse assunto.

Tamanha geração de resíduos resulta de um dos setores que mais movimentam dinheiro no mundo e que, conseqüentemente, mais consomem matéria-prima também. Ainda segundo o professor Schenini, 66% da madeira consumida de florestas naturais – e que muitas vezes não sofrem remanejo adequado – têm como destino a construção civil. O setor também é o que mais consome recursos não-renováveis como o cobre e o zinco, cujas reservas têm estimativa de durarem apenas mais cerca de 60 anos.

Com tal volume de demandas, em breve, o mundo não terá mais como sustentar tamanha farra de uso de recursos e geração de lixo. Pior do que isso, as construções podem ficar cada vez mais caras e inacessíveis à população de baixa renda. As alternativas para esse problema não são simples, mas o consumidor consciente pode ajudar, adotando algumas medidas relativamente simples para minimizar os resíduos de sua construção.

Reduzindo o desperdício

O professor Antônio Edésio Jungles coordena o Grupo de Gestão de Construção (GGC), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que tem como objetivo exatamente estudar formas eficientes de gestão de materiais na construção civil. Segundo ele, a reciclagem é importante, porém, o melhor mesmo é estudar formas de diminuir ao máximo a geração de resíduos.Ele diz que há alguns caminhos que podem ajudar na minimização de resíduos e o consumidor consciente deve ficar atento.

O primeiro cuidado é a contratação de profissionais qualificados. “Hoje, o maior desafio para evitar os desperdícios na construção civil é encontrar mão-de-obra qualificada”, diz o professor. A segunda recomendação diz respeito à compra de materiais de boa qualidade, usar material muito barato pode trazer muitos prejuízos à construção e ao meio ambiente. Finalmente, antes de começar a construir, é preciso ter um projeto muito bem planejado. “Se você parte de um projeto bem-feito, cerca de 70% do que será gasto já está definido. Planejar bem garante a qualidade do projeto, evita desperdícios e gastos inesperados”, completa o professor.